Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10813
Files in This Item:
File SizeFormat 
BPS_28_igualdade_racial.pdf804.27 kBAdobe PDFView/Open
Title: Igualdade racial
Authors: Abreu, Angelica Kely de (Colaboradora)
Tokarski, Carolina Pereira (Colaboradora)
França, Danilo Sales Nascimento (Colaborador)
Alencar, Joana Luiza Oliveira (Colaboradora)
Matias, Krislane de Andrade (Colaboradora)
Pinheiro, Luana Simões (Colaboradora)
Abstract: Neste capítulo serão abordados, especialmente, os efeitos desiguais da pandemia sobre negros e brancos, considerando, evidentemente, as intersecções com os marcadores de gênero e classe das populações. Para uma análise dessa natureza, é preciso reconhecer e considerar, antes de mais nada, as condições estruturais de maior vulnerabilidade a que o povo negro brasileiro se encontra submetido nas mais diversas áreas da vida social e cotidiana, desde as desigualdades no âmbito educacional e do trabalho, até as desigualdades de acesso a serviços de saneamento básico, de saúde e à violência que atinge essa população com muito mais intensidade. É este cenário de racismo estrutural – e não aspectos da biologia destes grupos – que torna a população negra particularmente vulnerável à pandemia da Covid-19, seja no que se refere aos efeitos em termos de saúde (morbimortalidade), seja no que diz respeito aos efeitos econômicos, os quais podem também resultar em mortalidade pela fome, pela pobreza e pela falta de acesso a condições mínimas de garantia da vida.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10796
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Políticas Socias: acompanhamento e análise - Artigos
Appears in Collections:Desenvolvimento Social: Artigos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.