Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1128
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSousa, Rodrigo Abdalla Filgueiras de-
dc.contributor.authorNascimento, Paulo A. Meyer M.-
dc.coverage.spatialBrasilpt_BR
dc.coverage.temporal1998-2011pt_BR
dc.date.accessioned2013-06-10T17:11:04Z-
dc.date.available2013-06-10T17:11:04Z-
dc.date.issued2012-08-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1128-
dc.description.abstractExploram-se aqui três questões relacionadas ao emprego no setor de tecnologias da informação e comunicação (TICs), considerando os segmentos da indústria e de serviços. Primeiro, avalia-se a evolução da estrutura de empregos do setor desde 1998. Segundo, verifica-se, por meio do grau de intensidade em postos de trabalho de natureza técnicocientífica, o potencial de inovação das firmas. Terceiro, analisa-se se a disponibilidade de profissionais técnico-científicos se apresenta como um fator de restrição ao crescimento do setor. Os resultados apontam que a estrutura de emprego no setor de TICs, particularmente no segmento de serviços, tem características diferenciadas em relação à média da economia brasileira, tais como média salarial elevada, grande participação de jovens, seleção de empregados com elevado nível de escolaridade e maior concentração em ocupações técnico-científicas. Por fim, sob uma perspectiva de longo prazo, os resultados não confirmaram a hipótese de ter havido uma escassez de pessoal técnicocientífico entre 1998 e 2009; contudo, sob uma ótica de curto prazo, os dados sugerem um desequilíbrio em dois períodos – de janeiro a setembro de 2008 e a partir de julho de 2010. Os dados também revelam possíveis fragilidades na execução de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), devido às altas taxas de rotatividade de funcionários e baixos índices de crescimento de empregos das carreiras técnico-científicas.pt_BR
dc.language.isopt-BRpt_BR
dc.publisherInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.titlePerfil e dinâmica do emprego em telecomunicações no Brasil entre 1998 e 2011pt_BR
dc.title.alternativeTexto para Discussão (TD) 1761: Perfil e dinâmica do emprego em telecomunicações no Brasil entre 1998 e 2011pt_BR
dc.typeTexto para Discussão (TD)pt_BR
dc.rights.holderInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.source.urlsourcewww.ipea.gov.brpt_BR
dc.location.countryBRpt_BR
dc.description.physical58 p. : il.pt_BR
dc.rights.licenseÉ permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.pt_BR
dc.subject.keywordEmpregopt_BR
dc.subject.keywordSetor de tecnologias da informação e comunicaçãopt_BR
dc.subject.keywordProfissionais técnico-científicospt_BR
dc.relation.referenceshttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1157-
ipea.description.objectiveExplorar três questões relacionadas ao emprego no setor de tecnologias da informação e comunicação (TICs), considerando os segmentos da indústria e de serviços: a evolução da estrutura de empregos do setor desde 1998; o potencial de inovação das firmas; e a disponibilidade de profissionais técnico-científicos do setor.pt_BR
ipea.description.additionalinformationSérie monográfica: Texto para Discussão ; 1761pt_BR
ipea.description.additionalinformationReferências bibliográficas: possui referências bibliográficaspt_BR
ipea.description.additionalinformationConteúdo: possui anexo e apêndicept_BR
ipea.description.additionalinformationEstá relacionado ao livro "Tecnologias da informação e comunicação: competição, políticas e tendências"-
ipea.access.typeAcesso Abertopt_BR
ipea.rights.typeLicença Comumpt_BR
ipea.englishdescription.abstractThis study explores three issues related to the job market in the Brazilian information and communication technologies (ICT) industry, considering both industrial and service segments. First of all, evolution of job structure in the sector is evaluated since 1998. Second, the intensity of Science, Technology, Engineering & Mathematics (STEM) personnel is measured in order to analyze the sector’s potential in innovation within Brazilian Economy. Third, it discusses to which extent the availability of STEM workforce should (or not) be regarded as a growth restriction for the Brazilian ICT sector. Results point out that ICT employees are younger, better educated and earn more than their peers employed in other sectors of the Brazilian economy. Besides, results also unveil a higher proportion of STEM jobs in the ICT sector than the national average. Differently from the world scenario, these trends are more expressive in the service segment than in the industrial segment of ICT sector. Even demanding relatively more STEM professionals than the Brazilian average, ICT firms do not seem to face a long term shortage of such professionals between 1998 and 2009; nevertheless, under a short term analysis, data suggest a temporary disequilibrium in two specific moments: January-September 2008 and July 2010 onwards. Data also reveal possible weaknesses in the execution of RD&I projects, due to high rates of worker turnover and low rates of net job creation among STEM careers.pt_BR
ipea.researchfieldsInfraestrutura Econômica, Social e Urbanapt_BR
ipea.classificationEmprego. Trabalhopt_BR
ipea.classificationTecnologia. Inovação. Informação. Conhecimentopt_BR
Appears in Collections:Emprego. Trabalho: Livros
Tecnologia. Inovação. Informação. Conhecimento: Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_1761.pdf1.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.