Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1186
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_1726.pdf2.08 MBAdobe PDFView/Open
Title: A Paraíba no contexto nacional, regional e interno
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 1726: A Paraíba no contexto nacional, regional e interno
The Paraíba in the national, regional and internal context
Authors: Mendes, Constantino Cronemberger
Araújo Júnior, Ignácio Tavares de
Fernandes, Anna Paola
Lyra, Diego Mendes
Oliveira, Geraldo Lopes de
Oliveira, Carlos Gonçalo de
Silva, Neuma Benigno da
Abstract: A economia paraibana, assim como a brasileira, tem passado nos últimos anos por importantes transformações em sua estrutura produtiva e social. Este trabalho visa descrever tal processo de mudança recente não só destacando a economia paraibana como um todo e sua relação com a economia regional e nacional, mas também buscando combinar uma visão da estrutura demográfica e produtiva estadual, demonstrando as possíveis heterogeneidades internas, na medida em que são feitos cruzamentos entre os dados populacionais, setoriais-produtivos e de emprego com as regionalizações geoadministrativas do estado. Os dados apresentados mostram uma Paraíba com taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) anual superior às médias regional e nacional, porém com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) ainda bastante inferior às mesmas esferas. Na área da educação, o estado mostrou avanços notáveis, em particular no ensino fundamental, cuja frequência escolar se aproxima dos 100%. No entanto, o nível de escolarização da população do estado ainda fica abaixo das médias nacional e regional. A dinâmica setorial favorece a prevalência dos serviços e da indústria, com a participação do emprego reafirmando a queda da parcela na agricultura. O exame dos fluxos comerciais interestadual e externo revela seu estado deficitário, concentrado em poucos produtos, em suas exportações, e com teor de maior valor agregado e diversificação em suas importações. Do ponto de vista interno, a população, a atividade produtiva e o emprego são fortemente concentrados em duas regiões geoadministrativas: João Pessoa e Campina Grande. Através do uso de quocientes locacionais, foi possível identificar tendências de especialização na indústria e no setor serviços em algumas das regiões geoadministrativas. A análise diferencial estrutural fornece subsídios adicionais sobre os componentes do crescimento das economias que compõem a Paraíba. Por fim, os dados sobre o mercado de trabalho dos municípios paraibanos revelam diferenças tanto na qualificação, como nas remunerações pagas.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Economia. Desenvolvimento Econômico: Livros
Desenvolvimento Regional: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.