Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1498
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
td_1622.pdf1.04 MBAdobe PDFView/Open
Title: Qualidade e diferenciação das exportações brasileiras e chinesas: evolução recente no mercado mundial e na Aladi
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 1622: Qualidade e diferenciação das exportações brasileiras e chinesas: evolução recente no mercado mundial e na Aladi
Authors: Hiratuka, Célio
Cunha, Samantha
Abstract: A economia brasileira assistiu a um crescimento extraordinário de suas exportações, impulsionado pelo cenário internacional favorável entre 2003 e setembro de 2008. Além do aumento na demanda de diversas commodities agrícolas e minerais, impulsionado pelo forte crescimento da China, este processo também afetou as exportações brasileiras de manufaturados, uma vez que vários países da América do Sul, também beneficiados por esses ganhos nos termos de troca, passaram a importar mais do Brasil. Se do ponto de vista dos valores obtidos nas exportações e nos saldos comerciais, as mudanças foram realmente extraordinárias, cabe avaliar se ocorreram também mudanças qualitativas na pauta de exportações. Os efeitos da crise internacional lançam uma série de perguntas sobre a duração do processo de crescimento das exportações brasileiras, bem como sobre a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional, especialmente devido à intensificação da concorrência que deve ocorrer nos próximos anos. Aumenta assim, a importância de acompanhar com mais detalhes a estrutura de exportações brasileiras, buscando avaliar as ameaças e oportunidades colocadas por este cenário. Este artigo pretende avançar nessa direção, analisando o perfil da estrutura do comércio brasileiro nos últimos anos por meio de uma metodologia que procura avaliar a qualidade relativa das exportações. O estudo não somente avalia os indicadores de qualidade relativa para o total das exportações brasileiras, como também as exportações para a Associação Latino-Americana de Integração (Aladi), uma região onde tradicionalmente as exportações brasileiras têm maior participação de produtos manufaturados. A posição brasileira é ainda analisada de forma comparativa com as exportações chinesas.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Comércio Internacional: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.