Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2166
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_1261.pdf339.26 kBAdobe PDFView/Open
Title: Segmentação no mercado de trabalho e desigualdade de rendimentos no Brasil: uma análise empírica
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 1261: Segmentação no mercado de trabalho e desigualdade de rendimentos no Brasil: uma análise empírica
Segmentation in the labor market and income inequality in Brazil: an empirical analysis
Authors: Ulyssea, Gabriel
Abstract: O objetivo deste artigo é analisar os determinantes da evolução da desigualdade de rendimentos do trabalho no Brasil ao longo do período 1995-2005 e, em particular, no período 2001-2005. O artigo se concentra no papel desempenhado por três formas básicas de segmentação no mercado de trabalho: espacial, setorial e formal-informal. Para tanto, utiliza-se uma metodologia simples de análise contrafactual, baseada em um método paramétrico que remonta à literatura relacionada ao trabalho de Juhn, Murphy e Pierce (1993). Os resultados mostram que o efeito-preço total teve um papel importante na queda da desigualdade de rendimentos observada no período como um todo, sendo que esse efeito acentuou-se no período mais recente. Dentre os aspectos relativos à segmentação do mercado de trabalho, aquele que certamente apresenta maior importância relativa é o diferencial existente entre trabalhadores formais e informais.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Emprego. Trabalho: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.