Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/4689
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
bps_n.7_ensaio1_Roberto7.pdf108.17 kBAdobe PDFView/Open
Title: Saúde da família, direitos sociais e subsidiariedade
Authors: Nogueira, Roberto Passos
Abstract: Grande parte das abordagens correntes sobre saúde da família parte do seu aspecto programático ou estratégico, apresentando-a como uma reorganização dos serviços básicos de saúde que exerce um efeito inovador sobre o conjunto do chamado “modelo assistencial” do Sistema Único de Saúde (SUS). Tem-se enfatizado que o Programa de Saúde da Família (PSF) constitui uma estratégia que ultrapassa os estreitos limites do assistencialismo dos médicos e do sistema hospitalar. No entanto, associado com muitos desses preceitos, é possível identificar a presença de outro assistencialismo, que seria peculiar aos sanitaristas. No pensamento dos gerentes, técnicos e propagandistas do PSF, esse viés deita raízes no próprio entendimento do que seja saúde da família. Criticar essa forma de concepção assistencialista e propor uma alternativa de interpretação baseada nos direitos sociais de cidadania e no princípio da subsidiariedade é um dos objetivos principais deste trabalho.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/4170
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada à fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Políticas Sociais: acompanhamento e análise - Artigos
Appears in Collections:Saúde: Artigos
Desenvolvimento Social: Artigos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.