Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/4862
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFreguglia, Ricardo da Silva-
dc.contributor.authorProcópio, Thais Salzer-
dc.coverage.spatialBrasilpt_BR
dc.coverage.temporal1995-2006pt_BR
dc.date.accessioned2015-10-26T19:04:36Z-
dc.date.available2015-10-26T19:04:36Z-
dc.date.issued2013-08-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/4862-
dc.description.abstractEste artigo investiga os diferenciais salariais decorrentes da mudança de emprego e da mobilidade interestadual dos trabalhadores do mercado de trabalho formal brasileiro. Em especial, analisa-se a situação em que os trabalhadores mudam de emprego, sem migrarem entre municípios, buscando identificar se as perdas salariais associadas à mobilidade do trabalhador podem ocorrer devido à troca de emprego (efeito firma), mas não necessariamente como consequência da migração. A partir dos dados em painel da Raismigra, fornecida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), abrangendo os anos de 1995 a 2006, os diferenciais salariais são estimados com o controle da heterogeneidade não observada. São realizados testes de robustez para verificar a correta identificação da parcela referente aos efeitos interestaduais e de firma sobre os diferenciais salariais dos trabalhadores formais brasileiros. Os principais resultados obtidos indicam que, após o controle dos efeitos fixos dos trabalhadores, a mudança de emprego e a migração intermunicipal são importantes fatores a serem controlados para a correta identificação dos diferenciais salariais interestaduais. Constata-se, ainda, que a magnitude do efeito firma é menor que a magnitude do efeito das migrações, sejam elas interestaduais ou intermunicipais, sobre os salários no setor formal, mas, ainda assim, é significativapt_BR
dc.language.isopt-BRpt_BR
dc.publisherInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.titleEfeitos da mudança de emprego e da migração interestadual sobre os salários no Brasil formal : evidências a partir de dados em painelpt_BR
dc.title.alternativeEffects of job change and interstate migration on wages in the Brazilian formal labor market : evidence from panel datapt_BR
dc.typePesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigospt_BR
dc.rights.holderInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.source.urlsourcehttp://ppe.ipea.gov.brpt_BR
dc.location.countryBRpt_BR
dc.description.physicalp. 255-278pt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Trabalho::Salários. Incentivos Salariais::Salários. Incentivos Salariais::Política Salarialpt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Demografia. População::Migração::Migração::Migração Intrarregionalpt_BR
dc.rights.licenseÉ permitida a cópia, reprodução e distribuição de textos, imagens, dados e demais arquivos, no todo ou em parte, em qualquer formato ou meio desde que sejam observadas as seguintes regras: a) O uso do material copiado se destina apenas para fins educacionais, de pesquisa, pessoal, circulação interna ou outros usos não comerciais. Reproduções para fins comerciais são proibidas; b) O material deve ser reproduzido sem sofrer qualquer alteração ou edição de conteúdo em relação ao original; e c) A reprodução deve ser acompanhada da citação da fonte, no seguinte formato: Fonte: PPE (http://ppe.ipea.gov.br)pt_BR
dc.subject.keywordDiferenciais salariaispt_BR
dc.subject.keywordEfeito firmapt_BR
dc.subject.keywordMigração interestadualpt_BR
dc.subject.keywordEfeitos fixos.pt_BR
dc.relation.referenceshttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/3331pt_BR
ipea.description.additionalinformationArtigo publicado em: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE), Rio de Janeiro, v. 43, n. 02, ago. 2013.pt_BR
ipea.access.typeAcesso Abertopt_BR
ipea.rights.typeLicença Comumpt_BR
ipea.englishdescription.abstractThis study examines the wage differentials arising from the job change and from migration of workers among states in the formal labor market in Brazil. Specifically, we investigate the situation where workers shift their job without migrating among states to identify whether the wage losses associated with worker mobility may occur due to changing jobs (firm effect). To this end, we use estimates to the wages differentials by pooled OLS, fixed effects, and random effects methods, applied to the database from Raismigra (Labor Ministry), a panel of data covering the years 1995 to 2006. We also performed robustness tests to identify the correct identification of the part relating to the regional’s effects and firm’s effects on the wage differentials of Brazilian’s workers in the formal market. The main results indicate that, after controlling for worker’s fixed effects, the change interstate migration and employment are important factors in determining wage differentials. After a significant reduction in the estimated coefficients of the state’s dummies and of firm change dummy - indicative of the importance of unobserved heterogeneity - the magnitude of the firm effect is lower than the magnitude of the effect of migration on wages in the formal sector.pt_BR
ipea.researchfieldsN/Apt_BR
ipea.classificationEconomia. Desenvolvimento Econômicopt_BR
Appears in Collections:Economia. Desenvolvimento Econômico: Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PPE_v 43_n.02_Efeitos.pdf124.01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.