Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/5143
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiscussionPaper_79.pdf297.29 kBAdobe PDFView/Open
Title: A note on foreign direct investment (FDI) and industrial competitiveness in Brazil
Other Titles: Discussion Paper 79 : A note on foreign direct investment (FDI) and industrial competitiveness in Brazil
Uma nota sobre o investimento direto estrangeiro (IDE) e sobre competitividade industrial no Brasil
Authors: Bonelli, Regis
Abstract: O texto aborda um tema central da relação entre o aumento dos influxos de capital através do IDE e a competitividade industrial no Brasil. Nesse sentido, confere uma análise da inter-relação existente na teoria entre IDE e competitividade, bem como evidência empírica para o caso brasileiro nos anos 90. Os fluxos de capital estrangeiro para o Brasil aumentaram expressivamente nos anos 90, especialmente após 1993. Embora a indústria de transformação tenha perdido participação relativa no estoque total do IDE nesses anos, o estoque desse capital estrangeiro na indústria mais do que dobrou de tamanho, quando medido em dólares correntes. Ao mesmo tempo, esse período caracterizou-se por rápido incremento da produtividade industrial, amplamente documentado em diversos estudos. Parece existir, portanto, base para argumentar que o IDE contribuiu para os ganhos de produtividade e de competitividade no Brasil nos anos 90. Ao examinar os dados desagregados, porém, o quadro torna-se menos nítido. A relação entre o crescimento da competitividade (medida pelos custos unitários da mão-de-obra ou pelo desempenho exportador) e do IDE parece existir apenas para um subgrupo de indústrias. Se a direção de causalidade é interpretada no sentido oposto, a evidência sugere que não há tendência generalizada para que o investimento estrangeiro seja atraído sobretudo para as indústrias cuja competitividade está em processo de melhora mais flagrante. Isso implica que os ganhos de produtividade e de competitividade podem estar sendo o resultado de outros fatores que não unicamente o IDE. Entre eles, destaca-se a liberalização comercial.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2173
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: Reproduction of this text and the data it contains is allowed as long as the source is cited. Reproductions for commercial purposes are prohibited.
Type: Discussion Paper
Appears in Collections:Indústria: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.