Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/5208
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Comunicados_n93_Condições.pdf837.78 kBAdobe PDFView/Open
Title: Condições de funcionamento e infraestrutura das instituições de longa permanência para idosos no Brasil
Other Titles: Comunicados do Ipea 93 : Condições de funcionamento e infraestrutura das instituições de longa permanência para idosos no Brasil
Authors: Camarano, Ana Amélia
Kanso, Solange
Mello, Juliana Leitão e
Carvalho, Daniele Fernandes
Abstract: O objetivo deste capítulo é analisar as condições de funcionamento das ILPIs existentes no Brasil. Busca-se inferir se essas instituições estão preparadas para atender a demanda por cuidado ao idoso no Brasil. O trabalho está dividido em cinco seções, sendo a primeira esta introdução. A seção 2 faz uma breve descrição das mudanças recentes na dinâmica demográfica brasileira. A seção 3 discute o que se entende por instituição de longa permanência. A seção 4, apresenta uma visão geral das instituições brasileiras, destacando sua condição jurídica e a localização espacial, suas características de funcionamento e de infraestrutura, os serviços oferecidos e as informações sobre os gastos e o financiamento das instituições. E, por fim, na seção 5 são apresentadas as considerações finais. O trabalho tem como base a pesquisa nacional, de caráter censitário, realizada pelo Ipea com o apoio financeiro da Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Tem como objetivo levantar informações para o cálculo dos indicadores das condições de funcionamento, de infraestrutura, de custos das instituições de longa permanência brasileiras, bem como dos recursos com que contam, tais como financiamentos públicos, subsídios e parcerias e elaborar um perfil dos seus residentes. Um dos subprodutos da pesquisa é um cadastro com o nome e o endereço das instituições. A coleta de dados começou em 2007 e terminou no início de 2010. As regiões foram pesquisadas separadamente. A primeira foi a Norte, em seguida o Centro-Oeste, o Sul, o Nordeste e, por fim, o Sudeste. O primeiro passo foi montar o cadastro de instituições, pois até então não se conhecia o número de instituições. A partir do cadastro elaborado, deu-se início à aplicação dos questionários. Este trabalho foi realizado por meio de correio, e-mail, fax e telefone, de acordo com a disponibilidade dos dirigentes ou responsáveis pelas instituições. Foram identificadas 3.548 instituições no território brasileiro, das quais 3.294 responderam à pesquisa.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/3211
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução e a exibição para uso educacional ou informativo, desde que respeitado o crédito ao autor original e citada a fonte (http://www.ipea.gov.br). Permitida a inclusão da obra em Repositórios ou Portais de Acesso Aberto, desde que fique claro para os usuários os termos de uso da obra e quem é o detentor dos direitos autorais, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Proibido o uso comercial ou com finalidades lucrativas em qualquer hipótese. Proibida a criação de obras derivadas. Proibida a tradução, inclusão de legendas ou voz humana. Para imagens estáticas e em movimento (vídeos e audiovisuais), ATENÇÃO: os direitos de imagem foram cedidos apenas para a obra original, formato de distribuição e repositório. Esta licença está baseada em estudos sobre a Lei Brasileira de Direitos Autorais (Lei 9.610/1998) e Tratados Internacionais sobre Propriedade Intelectual.
Type: Comunicados do Ipea
Appears in Collections:Administração Pública. Governo. Estado: Relatórios de Atividades / Técnicos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.