Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8235
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ppp_n49_reforma.pdf103.86 kBAdobe PDFView/Open
Title: Reforma sanitária brasileira (RSB) : expressão ou reprodução da revolução passiva?
Other Titles: Brazilian sanitary reform (RSB) : expression or reproduction of the passive revolution?
Reforma sanitaria brasileña (RSB) : expresión o reproducción de la revolución pasiva?
Réforme sanitaire brésilienne (RSB) : expression ou reproduction de la révolution passive?
Authors: Paim, Jairnilson Silva
Abstract: A ideia, a proposta, o projeto e o processo da Reforma Sanitária Brasileira (RSB) têm sido analisados mediante o conceito de revolução passiva com o propósito de explicar os “filtros” pelos quais passaram. Este artigo tem como objetivo analisar a RSB e discutir características e desdobramentos desse processo na conjuntura. Nesse sentido, considera a hipótese segundo a qual o próprio processo da RSB apresenta uma “revolução passiva específica”, acompanhada do transformismo de parte dos seus intelectuais e dirigentes. Analisando projetos que permanecem em disputa nas políticas de saúde (mercantilista, racionalizador e o da RSB), postula, também, que sujeitos da antítese possam ser mobilizados em função de uma práxis política que aposte na renovação e no aprofundamento da RSB.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8227
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Planejamento e Políticas Públicas (PPP) - Artigos
Appears in Collections:Saúde: Artigos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.