Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8348
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorHiromoto, Martha Hanae-
dc.coverage.spatialBrasilpt_BR
dc.coverage.temporal1988-2010pt_BR
dc.date.accessioned2018-04-27T14:58:25Z-
dc.date.available2018-04-27T14:58:25Z-
dc.date.issued2018-04-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8348-
dc.description.abstractO total de gasto social das três instâncias de governo (federal, estadual e municipal) somou cerca de R$ 800 bilhões em 2009, 30% do produto interno bruto (PIB) brasileiro. Dado esse cenário e seu expressivo volume, este artigo apresenta uma análise do efeito do gasto social das três instâncias de governo sobre a pobreza no Brasil. Foram estimados quatro modelos com dados em painel de dezenove anos (1988 a 2009), analisando os gastos estaduais e federais, e dois modelos com estimação de dados em painel de 5.058 municípios, dos anos 1991, 2000 e 2010. Os resultados mostram que o gasto com saúde e saneamento apresenta o maior efeito sobre a queda da pobreza no Brasil, seguido dos gastos com previdência e assistência, educação e cultura, habitação e urbanismo e investimento.pt_BR
dc.language.isopt-BRpt_BR
dc.language.isoen-USpt_BR
dc.publisherInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.titleAnálise do efeito do gasto social dos governos federal, estadual e municipal sobre a pobreza no Brasil - 1988 a 2010pt_BR
dc.title.alternativeAnalysis of the effect of federal, state and municipal social spending on poverty in Brazil − 1988 to 2010pt_BR
dc.typePesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigospt_BR
dc.rights.holderInstituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)pt_BR
dc.source.urlsourcehttp://ppe.ipea.gov.brpt_BR
dc.location.countryBRpt_BR
dc.description.physicalp. 71-102 : il.pt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Condições Econômicas. Pesquisa Econômica. Sistemas Econômicos::Condições Econômicas::Padrão de Vida::Pobrezapt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Política Econômica. Política Social. Planejamento::Seguridade Social::Subsídios de Previdência Social::Gastos Sociaispt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Política Econômica. Política Social. Planejamento::Política Econômica::Planejamento Econômico::Políticas Públicaspt_BR
dc.subject.vcipeaIPEA::Quadro Institucional::Governo. Administração Pública::Administração Pública::Governopt_BR
dc.rights.licenseÉ permitida a cópia, reprodução e distribuição de textos, imagens, dados e demais arquivos, no todo ou em parte, em qualquer formato ou meio desde que sejam observadas as seguintes regras: a) O uso do material copiado se destina apenas para fins educacionais, de pesquisa, pessoal, circulação interna ou outros usos não comerciais. Reproduções para fins comerciais são proibidas; b) O material deve ser reproduzido sem sofrer qualquer alteração ou edição de conteúdo em relação ao original; e c) A reprodução deve ser acompanhada da citação da fonte, no seguinte formato: Fonte: PPE (http://ppe.ipea.gov.br).pt_BR
dc.subject.keywordPobrezapt_BR
dc.subject.keywordGasto do governo e políticas relacionadaspt_BR
dc.subject.keywordGovernos estadual e municipalpt_BR
dc.relation.referenceshttp://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8339pt_BR
ipea.description.additionalinformationArtigo publicado em: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE): v. 48, n. 01, abr. 2018pt_BR
ipea.description.additionalinformationPossui referênciaspt_BR
ipea.description.additionalinformationResumo em português e inglêspt_BR
ipea.access.typeAcesso Abertopt_BR
ipea.rights.typeLicença Comumpt_BR
ipea.englishdescription.abstractThe total amount of public social (three levels of government) spending in Brazil reached about R$ 800 billion in 2009, 30% of Brazilian GDP. Due to this increasing and expressive volume, this article analyzes the effect of the three levels of government social spending on poverty in Brazil − federal, state and municipal. Four models were estimated with a nineteen years’ state panel data (1988-2009) analyzing the federal and state spending effect. We also estimated the municipal expenditure effect on poverty (1991, 2000 and 2010) in 5.058 municipalities. The results demonstrated that spending on health and sanitation has the greatest effect on poverty reduction in Brazil, followed by spending on social security and assistance, education and culture, housing and urbanism and investment.pt_BR
ipea.researchfieldsN/Apt_BR
ipea.classificationAdministração Pública. Governo. Estadopt_BR
ipea.classificationDesenvolvimento Socialpt_BR
Appears in Collections:Administração Pública. Governo. Estado: Artigos
Desenvolvimento Social: Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PPE_v48_n01_Análise.pdf248.09 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.