Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8714
Files in This Item:
File SizeFormat 
Impacto das barreiras.pdf988.02 kBAdobe PDFView/Open
Title: Impacto das barreiras comerciais sobre a produtividade da indústria brasileira
Authors: Messa, Alexandre
Abstract: A Finalidade desse artigo é analisar o impacto das barreiras comerciais sobre a produtividade da indústria brasileira ao longo do período compreendido entre 1999 e 2012. Para tal, procede-se em três passos. O primeiro consiste em estimar as funções de produção setoriais utilizando dados do nível da firma - disponibilizados pela Pesquisa Industrial Anual (PIA), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Tais estimações permitem, por um lado, a identificação dos determinantes da produtividade para a firma média de cada setor e, por outro, a estimação da produtividade total dos fatores (PTF), para cada uma das firmas. O segundo passo consiste na identificação do efeito das barreiras comerciais sobre a PTF das firmas. Para tal, consideram-se, por um lado, tanto as barreiras tarifárias quanto as não tarifárias e, por outro, tanto as barreiras sobre importação de insumos das firmas quanto as sobre importação de seus produtos em concorrência a elas. Finalmente, o terceiro passo consiste na agregação dos resultados setoriais, com vistas a verificar a importância de cada determinante para a indústria agregada.
References: Publicado em : A política comercial brasileira em análise / organizadores: Alexandre Messa, Ivan Tiago Machado Oliveira. – Brasília : Ipea, 2017. 373 p. : il., gráfs. color
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Capítulo de Livro
Appears in Collections:Comércio Internacional: Capítulos de Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.