Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/11468
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
td_2796_Web.pdf1.65 MBAdobe PDFView/Open
td_2796_Sumex.pdf74.75 kBAdobe PDFView/Open
Title: Expansão de área agrícola no Brasil segundo as lavouras temporárias
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 2796 : Expansão de área agrícola no Brasil segundo as lavouras temporárias
Authors: Freitas, Rogério Edivaldo
Abstract: A produção de alimentos permanece um dos principais desafios para a humanidade no presente século, e o Brasil é um dos poucos países, entre os grandes produtores de alimentos, que ainda detém áreas para expansão agrícola em termos viáveis econômica e tecnicamente. Saber quais áreas constituem a fronteira agrícola brasileira é crucial para aprimorar as correspondentes políticas públicas e decisões de infraestrutura logística. Nestes termos, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foram usados, neste estudo, com o objetivo de medir e mapear a expansão de área agrícola no Brasil, entre 1995 e 2019, em nível das mesorregiões brasileiras e segundo as lavouras temporárias. Empregou-se um procedimento em quatro estágios e compararam-se os resultados de dois procedimentos de clusters, e, assim, identificaram-se mesorregiões similares, com base em suas tendências de participação na área plantada (lavouras temporárias) brasileira. Determinadas mesorregiões apresentaram valores tendenciais mais expressivos para suas parcelas na área plantada em lavouras temporárias no Brasil, vale dizer, norte mato-grossense (MT), nordeste mato-grossense (MT), sudoeste de Mato Grosso do Sul (MS), sul goiano (GO), extremo oeste baiano (BA), sul maranhense (MA), sudoeste piauiense (PI) e oriental do Tocantins (TO). Como um segundo grupo líder, destacam-se o Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG), São José do Rio Preto (SP), sudeste mato-grossense (MT) e leste goiano (GO). O trabalho elenca sugestões para investigações futuras, incluindo-se extensões para o caso das lavouras permanentes, e análises top-down em nível de microrregiões ou municípios, por exemplo.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Agricultura, Pecuária e Pesca: Artigos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.