Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2926
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_1816.pdf418.31 kBAdobe PDFView/Open
Title: As causas imediatas do crescimento da renda, da redução da desigualdade e da queda da extrema pobreza na Bahia, no Nordeste e no Brasil entre 2003 e 2011
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 1816: As causas imediatas do crescimento da renda, da redução da desigualdade e da queda da extrema pobreza na Bahia, no Nordeste e no Brasil entre 2003 e 2011
The immediate causes of per capita income growth, the decline in income inequality and extreme poverty reduction in Bahia, in the Northeast and in Brazil between 2003 and 2011
Authors: Souza, Pedro H. G. F. de
Abstract: O objetivo deste trabalho é explicar as causas imediatas do crescimento da renda domiciliar per capita, da redução da desigualdade e da queda da extrema pobreza para cinco recortes geográficos – Brasil, Nordeste, Bahia, Região Metropolitana (RM) de Salvador e Bahia não metropolitana – durante o período recente de crescimento pró-pobre (2003-2011). Com base em decomposições dinâmicas dos três aspectos, este texto procura verificar se as mudanças dos últimos anos seguem ou não um mesmo padrão geral e discute sua sustentabilidade no longo prazo. Os resultados sugerem que o crescimento da renda, embora mais forte nas regiões mais pobres, foi, de modo geral, impulsionado principalmente pelo aumento da remuneração dos ocupados. No caso da desigualdade, o padrão é mais ambíguo, pois a queda foi mais forte nas regiões mais ricas, principalmente por causa da desconcentração dos rendimentos do trabalho. Nas demais regiões, em especial na Bahia não metropolitana, o Programa Bolsa Família (PBF) foi o mais importante. Com isso, tanto o crescimento quanto a redistribuição foram fundamentais para reduzir a extrema pobreza no Brasil e na RM de Salvador, mas nas demais regiões só o crescimento foi relevante. Parece existir espaço no curto e no médio prazo para garantir a continuidade da queda da desigualdade e da pobreza, mas,no longo prazo, será imprescindível promover uma maior desconcentração dos rendimentos do trabalho no Nordeste; em especial, nas áreas não metropolitanas da Bahia.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Economia. Desenvolvimento Econômico: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.