Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11058/7727
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_2294.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
TD_2294_Sumex.pdf121.86 kBAdobe PDFView/Open
Title: Uma Imersão nas contas públicas brasileiras
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 2294 : Uma imersão nas contas públicas brasileiras
Authors: Cota, Rodrigo Toledo Cabral
Abstract: Existe uma crença entre os brasileiros de que, no país, se paga muito imposto e de que esse valor não retorna para a sociedade com a prestação de bons serviços públicos, de que a ineficiência estatal aliada à corrupção consome os recursos gerados. Entretanto, a sociedade brasileira precisa entender bem a composição dos gastos públicos e sua evolução ao longo dos últimos anos. O objetivo deste trabalho, portanto, é mostrar a evolução das contas públicas entre os anos de 2010 e 2015. A desaceleração da economia e a elevação de gastos obrigatórios levaram o Brasil de um superavit primário de R$ 127 bilhões em 2011 para um deficit de R$ 115,7 bilhões em 2015. E reverter a situação não é tão simples, uma vez que o corte de gastos do governo é limitado: de acordo com o Projeto de Lei do Orçamento de 2017, 93,2% dos gastos são obrigatórios ou não contingenciáveis. Uma análise dos gastos governamentais mostra que está na hora de a sociedade como um todo discutir o problema e, a partir do conhecimento da composição e da evolução das contas públicas, acordar um novo padrão de distribuição de seus recursos sociais.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Administração Pública. Governo. Estado: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.