Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10324
Files in This Item:
File SizeFormat 
JovensMeninasDesigualdadenoBrasil_Cap_12.pdf3.39 MBAdobe PDFView/Open
Title: Jovens meninas e desigualdade no Brasil
Authors: Collares, Ana Cristina Murta
Abstract: Este capítulo descreve muitos avanços na situação das jovens meninas no Brasil desde o lançamento da plataforma de Pequim. A importância de empoderar, educar e valorizar as mulheres para o desenvolvimento social de um país é, de certa forma, um consenso na literatura, começando pelas jovens meninas, e os avanços descritos aqui certamente são substanciais nesse sentido. Houve uma forte ampliação do acesso à escola, uma redução da participação das meninas no mercado de trabalho, bem como uma grande redução da mortalidade infantil no país para ambos os sexos e uma diminuição no número de casamentos de crianças. A proporção de adolescentes grávidas com mais de 15 anos vem também diminuindo nos últimos anos, com algumas variações regionais. Apesar disso, muito ainda precisa ser feito para que os direitos dessas jovens meninas sejam assegurados e os objetivos da plataforma de Pequim, alcançados. Isso inclui o direito à vida, à saúde, à segurança e ao pleno desenvolvimento das meninas como cidadãs, tendo suas escolhas respeitadas e seus espaços de vocalização e participação ampliados.
References: Capítulo de livro publicado em: Beijing +20 : avanços e desafios no Brasil contemporâneo / Organizadoras: Natália Fontoura, Marcela Rezende, Ana Carolina Querino – Brasília: Ipea, 2020.
http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10307
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Capítulo de Livro
Appears in Collections:Desenvolvimento Social: Capítulos de Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.