Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/10713
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
td_2673.pdf12.2 MBAdobe PDFView/Open
td_2673_sumex.pdf90.66 kBAdobe PDFView/Open
Title: Tendências e desigualdades da mobilidade urbana no Brasil I : o uso do transporte coletivo e individual
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 2673 : Tendências e desigualdades da mobilidade urbana no Brasil I : o uso do transporte coletivo e individual
Authors: Pereira, Rafael Henrique Moraes
Warwar, Lucas
Parga, João
Bazzo, João
Braga, Carlos Kauê Vieira
Herszenhut, Daniel
Saraiva, Marcus
Abstract: Este estudo apresenta um diagnóstico de como o uso do transporte individual motorizado e do transporte coletivo tem evoluído desde o início dos anos 2000 nas cidades brasileiras. Nós analisamos dados sobre mudanças no padrão de consumo de bens e serviços de transporte, o aumento de renda das famílias, além da evolução dos custos de transporte urbano, da demanda por transporte público e da frota de veículos no país nos últimos vinte anos. Em todas as dimensões analisadas, os dados apresentam uma trajetória gradual e persistente de substituição do consumo de transporte coletivo pelo individual motorizado, principalmente entre as classes médias e baixas, e nas cidades de médio e pequeno porte. O estudo aponta ainda como essas mudanças têm se refletido na contínua deterioração das condições de mobilidade e no consequente aumento no tempo que as pessoas passam no trânsito, afetando de maneira desigual a população, de acordo com nível socioeconômico, gênero e cor. Por fim, nós mostramos como a crise econômica e de saúde pública gerada pela pandemia da Covid-19 teve um profundo impacto na redução dos níveis de mobilidade urbana e, em particular, na intensificação da queda do número de passageiros do transporte público ao longo de 2020. Com isso, a crise do novo coronavírus deve aprofundar o ciclo vicioso de perda de passageiros e elevação de tarifas no transporte público e acentuar a tendência histórica de substituição do transporte coletivo pelo individual nas cidades brasileiras. Ao final, são apontadas algumas sugestões para políticas públicas que poderiam contribuir para mudar essas tendências.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Transportes: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.