Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/1440
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_1303.pdf171.76 kBAdobe PDFView/Open
Title: Radiografia da indústria de alimentos no Brasil: identificação dos principais fatores referentes à exportação, inovação e ao food safety
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 1303: Radiografia da indústria de alimentos no Brasil: identificação dos principais fatores referentes à exportação, inovação e ao food safety
Radiography of the food industry in Brazil: identification of key factors relating to exports, innovation and food safety
Authors: Conceição, Júnia Cristina P. R. da
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo identificar as características das empresas do setor de alimentos no que se refere às inovações tecnológicas, à exportação, ao emprego, e também à questão das novas exigências em relação aos produtos alimentares, associadas ao food safety. Inicialmente, foi feito um estudo exploratório da literatura e dos dados, procurando identificar quais os subsetores que mais inovam, e quais são as características de tamanho, escolaridade, esforço inovativo, entre outras, das empresas do setor de alimentos. Os principais resultados encontrados foram: i) os consumidores nacionais têm um papel importante na probabilidade das firmas nacionais inovarem; ii) as exportações não constituem um fator explicativo para inovação neste setor; e iii) o investimento em capital humano (educação) é importante para o aumento da probabilidade das firmas inovarem e exportarem. Um item também analisado no trabalho foi a questão da segurança, no sentido de alimento seguro. Neste item foi bem explorado o conceito de traceability e o importante papel desempenhado pelo consumidor. O estudo demonstrou que há ainda grande espaço para que as firmas do setor de alimentos melhorem seu desempenho, apontando que o percentual de adoção de inovações é ainda pequeno. No que se refere às exportações, identificou-se que as principais variáveis explicativas do potencial exportador das firmas do setor foram o tamanho da firma, os gastos com propaganda (diferenciação do produto), e a produtividade do trabalho. Por fim, no tocante a rotulagem e certificação, pôde-se constatar que estas passaram a ser fundamentais para a indústria de alimentos. Nesse sentido, estas indústrias devem fazer um esforço para se adequarem às normas e padrões aceitos em nível mundial, principalmente se quiserem participar do cenário internacional. Entretanto, deve ser ressaltado que tais características são cada vez mais importantes também para o mercado interno.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Indústria: Livros
Alimentação e Nutrição: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.