Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2091
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TD_858.pdf155.11 kBAdobe PDFView/Open
Title: Envelhecimento da população brasileira: uma contribuição demográfica
Other Titles: Texto para Discussão (TD) 858: Envelhecimento da população brasileira: uma contribuição demográfica
Population aging: a demographic contribution
Authors: Camarano, Ana Amélia
Abstract: O trabalho buscou apresentar uma contribuição demográfica para o entendimento do processo de envelhecimento da população brasileira. Tem por objetivo principal questionar a relação entre envelhecimento populacional e dependência. Além disso, buscou-se avaliar se as condições de vida do idoso brasileiro de hoje, 1998, diferem das do idoso de um passado recente, 1981. Isso permite especular sobre o “dinamismo” da relação. Trabalhou-se com os dados das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNADs) de 1981 a 1998. Nos últimos 20 anos, o idoso brasileiro teve a sua expectativa de sobrevida aumentada, reduziu o seu grau de deficiência física ou mental, passou a chefiar mais suas famílias e a viver menos na casa de parentes. Também passou a receber um rendimento médio mais elevado, o que levou a uma redução no seu grau de pobreza e indigência. Essas considerações levam à dificuldade de se pensar essa relação entre envelhecimento e dependência como produto de um único fator agindo continuamente. Esse é um fenômeno bastante complexo e sujeito à ação de vários fatores em interação. As aposentadorias desempenham um papel muito importante na renda dos idosos e essa importância cresce com a idade. Pode-se concluir que o grau de dependência dos indivíduos idosos é, em boa parte, determinado pela provisão de rendas por parte do Estado. Como uma parcela importante da renda familiar depende da renda do idoso, sugere-se que quando se reduzem ou se aumentam benefícios previdenciários, o Estado não está simplesmente atingindo indivíduos, mas uma fração razoável dos rendimentos de famílias inteiras. Enquanto apenas 8% da população brasileira era idosa em 1998, em 26% das famílias brasileiras podia-se encontrar pelo menos um idoso.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Texto para Discussão (TD)
Appears in Collections:Demografia. População: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.