Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/4971
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiscussionPaper_125.pdf256.55 kBAdobe PDFView/Open
Title: Distributional Effects of Optimal Commodity Taxes Combined with Minimum Income Programs in Brazil
Other Titles: Discussion Paper 125 : Distributional Effects of Optimal Commodity Taxes Combined with Minimum Income Programs in Brazil
Efeitos distributivos efeitos distributivos da tributação ótima combinados com programas de renda mínima no Brasil
Authors: Barbosa, Ana Luiza N. H.
Fiuza, Eduardo P. S.
Scharth, Marcel
Asano, Seki
Abstract: Impostos sobre o consumo têm um importante papel no Brasil e arrecadam cerca de 60% da receita tributária total. Essa forte dependência faz com que a tributação sobre o consumo seja um dos principais instrumentos distributivos e de arrecadação do governo na receita tributária. De fato, a desigualdade de renda brasileira é uma das mais altas do mundo: o 1% mais rico da população (o equivalente a 1,6 milhão de pessoas) ganha uma renda igual à dos 50% mais pobres; estes últimos representam cerca de 80 milhões de pessoas. O objetivo deste estudo é realizar uma simulação dos efeitos distributivos da tributação ótima sobre o consumo associada a programas de transferência de renda mínima feitos pelo governo. O arcabouço utilizado para medir o bem-estar dos agentes econômicos é a money metric indirect utility ou renda equivalente [King (1983)], com base nos parâmetros do sistema de demanda quase ideal (Almost Ideal Demand System). Nós adotamos a medida de variação equivalente, especificada em termos de renda equivalente, para avaliar os efeitos de eqüidade. A fonte de dados deste estudo é obtida na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do período de 1995-1996, embora a estimação dos parâmetros de demanda também tenha como base a POF de 1987-1988. Os resultados mostram que os programas de renda mínima, combinados com seletividade na estrutura de tributação sobre o consumo, podem ser muito úteis como instrumentos de redistribuição de renda no Brasil. Os resultados apresentados podem ser de valiosa contribuição, principalmente no contexto da crescente discussão sobre programas de renda mínima no Brasil associados com características demográficas, tais como educação e estrutura familiar.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2935
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: Reproduction of this text and the data it contains is allowed as long as the source is cited. Reproductions for commercial purposes are prohibited.
Type: Discussion Paper
Appears in Collections:Sistema Tributário: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.