Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/7781
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DP_222.PDF812.12 kBAdobe PDFView/Open
DP_222_sumex.pdf89.59 kBAdobe PDFView/Open
Title: Public innovation in Brazil : an overview of its types, results and drivers
Other Titles: Discussion Paper 222 : Public innovation in Brazil : an overview of its types, results and drivers
Texto para Discussão (TD) 222 : A inovação pública no Brasil : uma visão geral de seus tipos, resultados e condutores
Authors: Cavalcante, Pedro
Camões, Marizaura
Abstract: Acadêmicos e tomadores de decisões na administração pública parecem ter superado estratégias abrangentes de reforma e estão concentrando suas atenções em pequenas mudanças na gestão pública que geram resultados de curto prazo com menores custos transacionais. Nesse sentido, muitos vêm argumentando que a inovação pode contribuir para melhorar a qualidade e eficiência do serviço público, bem como para aumentar a capacidade do governo na resolução de problemas. No Brasil, especificamente, há certo grau de consenso sobre o aumento das práticas inovadoras de gestão nas últimas duas décadas. No entanto, assim como em outros países, prevalece a falta de conhecimento baseado em evidências empíricas sobre diferentes dimensões da inovação. Uma dimensão importante que deve ser profundamente investigada é a dos determinantes da inovação. Em outras palavras, quais os fatores que influenciam as iniciativas se tornarem inovadoras no setor público? O artigo procura responder a esta importante questão. Os dados originais deste artigo são provenientes do Concurso Inovação da Gestão Pública Federal, prêmio de inovação mais importante do Brasil, realizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), para reconhecer práticas inovadoras que melhoraram a capacidade e a prestação de serviços do governo. Todos os anos, vinte iniciativas são indicadas para a final e dez são premiadas como as práticas de gestão mais inovadoras. Utilizando variáveis quantitativas de um banco de dados, construídas a partir de análise de conteúdo dos relatórios das iniciativas de 2007 a 2015, examinamos seus fatores determinantes. Em geral, os resultados da pesquisa confirmam a hipótese de que a inovação não é uma construção isolada, ou seja, seus determinantes tendem a ser também influenciados pelos relacionamentos com os tipos e fases da inovação.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Discussion Paper
Appears in Collections:Tecnologia. Inovação. Informação. Conhecimento: Livros
Administração Pública. Governo. Estado: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.