Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8238
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ppp_n49_qual_o_custo.pdf219.09 kBAdobe PDFView/Open
Title: Qual o custo econômico dos crimes por arma de fogo na Paraíba? : análises para o ano de 2012 sobre a perda de produtividade
Other Titles: What is the economic cost of firearms in Paraíba? : analysis for the year 2012 on the loss of productivity
¿Cuál es el costo económico de los crímenes por armas de fuego en Paraíba? : análisis para el 2012 sobre la pérdida de productividad
Quel est le coût économique des crimes par armes à feu en Paraíba? : analyses pour l’année 2012 sur la perte de productivité
Authors: Graça, Paulina Graziela Rodrigues da
Cruz, Mércia Santos da
Irffi, Guilherme
Abstract: Em 2012 foram registrados 1.049 óbitos de adultos provocados por armas de fogo na Paraíba. Diante disso, este artigo objetiva simular as perdas de produtividade, a partir do cômputo dos anos potenciais de vida perdida (APVPs). Para tanto, foram utilizados os casos de óbitos do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), dados de renda da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), informações referentes à renda mensal por ocupação do paraibano, de acordo com o Código Brasileiro de Ocupação (CBO), bem como a expectativa de vida aferida pelo Censo Demográfico de 2010. Entre os principais resultados, destaca-se que os 1.049 casos de óbitos no estado representam perdas de produtividade, na ordem de R$ 106 milhões. Ao analisar os resultados por sexo, obteve-se um total de 972 óbitos de homens, representados em perdas econômicas em R$ 143 milhões, enquanto a perda em função dos óbitos de mulheres é de R$ 8 milhões. Por fim, referente ao quantitativo de óbitos por ocupação, totalizados em R$ 3 milhões. O maior número de óbitos foi obtido com as ocupações volantes da agricultura, com 49 óbitos, e pedreiro, com 47 óbitos. Assim, pode-se inferir que o estado da Paraíba incorre em elevada perda de produtividade, principalmente pelo fato de a maioria dos óbitos por arma de fogo ser de jovens, sendo que isto pode comprometer o desenvolvimento econômico e social do estado em função da perda de capital humano.
References: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8227
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: É permitida a reprodução deste texto e dos dados nele contidos, desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas.
Type: Planejamento e Políticas Públicas (PPP) - Artigos
Appears in Collections:Desenvolvimento Social: Artigos
Demografia. População: Artigos
Economia. Desenvolvimento Econômico: Artigos



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.