Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8401
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiscussionPaper_233.pdf1.26 MBAdobe PDFView/Open
DiscussionPaper_233_sumex.pdf169.77 kBAdobe PDFView/Open
Title: Why so sluggish? Analyzing the determinants of price adjustments in the service sector using survey microdata
Other Titles: Discussion Paper 233 : Why so sluggish? Analyzing the determinants of price adjustments in the service sector using survey microdata
Por que tão lento? Analisando os determinantes dos ajustes de preços no setor de serviços usando microdados de pesquisa
Authors: Polydoro, Angelo
Ardeo, Vagner
Abstract: Nesse artigo estudamos como o ambiente econômico para as empresas do setor de serviços, afeta a decisão das mesmas em reajustar seus preços. Para tal, utilizamos uma base inédita da Sondagem de Serviços do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O conjunto de variáveis que utilizamos dessa pesquisa inclui a avaliação das empresas sobre as condições do negócio – demanda, receitas, emprego e utilização da capacidade, bem como fatores que estão limitando o desenvolvimento desta, como falta de espaço, força de trabalho com baixa qualificação, custo de financiamento etc.Mostramos nesse artigo que os preços no setor de serviços possuem comportamento mais inercial, pois a resposta das firmas às condições econômicas é altamente assimétrica. Por exemplo, quando as firmas acreditam que haverá uma piora nas condições de demanda elas se tornam 3% menos propensas a aumentar preços, 2% mais propensas a manter os preços constantes e 0,6% mais propensas a diminuir preços. Além de estudar os determinantes dos reajustes de preço no setor de serviços, mostramos que esse comportamento é consistente tanto com os modelos de price-setting dependentes de variáveis de estado quanto em modelos dependentes do tempo. Ao estimar um modelo de reajuste de preço incluindo variáveis que indicam o tempo desde o último período que a firma decidiu aumentar preços, encontramos que essas variáveis são significativas e o impacto na probabilidade de reajuste de preço é positivo.
Rights holder: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
License: Reproduction of this text and the data it contains is allowed as long as the source is cited. Reproductions for commercial purposes are prohibited.
Type: Discussion Paper
Appears in Collections:Terceiro Setor. Serviços. Turismo: Livros
Pequenas, Médias e Grandes Empresas: Livros



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.